CONHEÇA QUAIS SÃO AS CIDADES MAIS BARATAS DO REINO UNIDO PARA ESTUDAR INGLÊS

Dentre as cidades estao Belfast, Edimburgo e Manchester que são as cidades mais econômicas para se etudar e com alta qualidade de ensino

O Reino Unido está no imaginário de muitas pessoas, quando o assunto é intercâmbio. Contudo, a valorizada libra esterlina, moeda local, faz com que muitos repensem os planos e escolham um destino mais em conta. Recomenda-se que a pessoa considere outras cidades mais baratas, que fazem parte do Reino Unido, para estudar. Belfast, Edimburgo e Manchester são algumas opções para escapar de Londres, Cambridge, e Oxford, que têm um alto custo de vida, mas sem deixar de vivenciar a cultura da região.

A capital da Irlanda do Norte e também maior cidade do país, Belfast, é um destino interessante “Em relação ao custo/benefício, já que os gastos com itens básicos, como aluguel, mercado e lavanderia, são menores que em qualquer outro lugar do país”. “Outro ponto positivo de Belfast é que ainda não é um destino tão popular entre os brasileiros, por isso, as chances de encontrar muitos compatriotas são menores”.

Edimburgo é a 7ª maior cidade do Reino Unido e capital da Escócia. O local é garantia de escola com alta qualidade de ensino, com renomadas universidades, que estão entre as melhores do Reino Unido. “É mais uma alternativa de país de língua inglesa na Europa, com uma cultura única, ainda pouco conhecida por muitos brasileiros. O whisky e a kilt (as “saias” usadas pelos escoceses especialmente em eventos mais tradicionais).

A cidade é um grande centro industrial e econômico, e muitas companhias têm as sedes administrativas no centro da cidade ou num parque industrial ao este do centro.

Manchester. Localizada no noroeste da Inglaterra, a cidade é um centro industrial e econômico, e uma das mais importantes do país. “Manchester é conhecida pela atividade cultural. Berço de bandas ilustres, como Oasis e The Smiths. E pelo futebol, já que o Manchester United é um dos times mais populares da Inglaterra”. “Apesar dos gastos médios serem mais elevados, se compararmos com Belfast e Edimburgo, a cidade inglesa ainda vale muito a pena, na hora da escola do intercambista”.

“O diferencial dessas três cidades é que elas não são muito visadas pelos brasileiros, é possível aprender o idioma com os nativos e com em contato com pessoas de outros países. Sem contar que estar em um país Europeu é uma porta de entrada para explorar outros destinos do continente numa mesma viagem. Nada melhor do que unir estudo e lazer durante o intercâmbio”.

Fundacao Brasil Londres Fonte: UOL

Postagens recentes
Categorias
Tags