COMO ESTUDAR MEDICINA EM LONDRES

Os cursos de medicina do Reino Unido são separados em três tipos: Pré-Medical, Standard e Graduate.

Estudar no exterior já pressupõe, por si só, uma valorização do currículo profissional. Mas quando nos referimos a estudar medicina nos Estados Unidos e Reino Unido a aprovação é ainda maior. Isso porque países de primeiro mundo como eles abrigam as 10 primeiras posições no ranking de melhores escolas médicas do mundo.

O profissional graduado está apto a trabalhar em diversas áreas da medicina como clínicas, hospitais, empresas e postos de saúde. Uma das vantagens de cursar medicina no exterior é que o estudante não precisa se submeter ao vestibular. Além disso, o alto investimento em um curso de medicina no exterior em uma universidade de prestígio certamente será muito recompensador no futuro.

Como se inscrever para um curso de Medicina no Reino Unido?

O Reino Unido tem o Serviço de Admissão em Universidades e Faculdades (Universities and Colleges Admissions Service – UCAS), o qual todos os estudantes devem usar para se inscrever em diferentes instituições – e que tem uma página dedicada aos alunos estrangeiros. O teste de proficiência em inglês exigido no Reino Unido é o IELTS. As instituições cobrarão a realização de um teste de admissão, que pode ser o BMAT ou o UKCAT:

– BMAT: O BioMedical Admissions Test é aplicado anualmente e é dividido em três partes – 35 questões de múltipla escolha em Aptidão e Habilidades; 27 questões de múltipla escola em Conhecimento e Aplicação Científicos; e uma redação sobre uma entre quatro opções de assuntos. O preço da prova costuma ser de £72.50 para estudantes estrangeiros, o que equivale a aproximadamente R$200.

– UKCAT: O UK Clinical Aptitude Test é usado como processo de seleção para o curso de medicina em 26 diferentes instituições do Reino Unido. O exame de múltipla escolha é dividido em quatro partes e irá testar as habilidades dos candidatos em aspectos como pensamento lógico, resolução de problemas numéricos e análise de decisões.

Os cursos de medicina do Reino Unido são separados em três tipos:

– Pre-Medical Entry: Conhecido só por pre-med, este curso de seis anos é uma preparação para a graduação em medicina. Os estudantes passam por atividades que ajudarão ao entrar no nível Standard ou Graduate, como trabalhos voluntários, experiência clínica, pesquisa e aplicações práticas de processos médicos. É designado para estudantes que não atingiram as notas necessárias no histórico escolar do colegial.

– Standard Entry: Com duração de cinco anos, este tipo de curso muda de formato e atmosfera de acordo com a instituição, mas geralmente exigem boas notas colegiais em Química e Biologia para a admissão. Os estudantes aprendem os princípios e as bases científicas da medicina no início do curso para, na segunda parte, terem treinamento clínico.

– Graduate Entry: Normalmente, para finalmente cursar este tipo de medicina, o estudante já passou pelo Pre-Medical ou Standard Entry, portanto é mais curto, com quatro anos de duração. Porém é mais intenso, com menores períodos de férias e um aprendizado mais interativo, além de o contato com pacientes reais ser introduzido antes que nos outros dois tipos de curso.

Vale lembrar que aqueles que pretendem retornar ao Brasil para exercer a profissão, precisam revalidar o diploma, pois o diploma estrangeiro não dá o direito de atuar no Brasil. Você pode ler sobre o assunto no site do Inep, responsável pela aplicação do Revalida.

Escrito por: Brenda Bellani / Fundação Brasil Londres

Encontre o seu curso de Medicina no Reino Unido, entre em contato com a Fundação Brasil em Londres através do telefone 0208 133 0010 ou email info@fundacaobrasil.org.uk

Postagens recentes
Categorias
Tags