+44 208 133 0010
  • Publicar Anúncio
  • Login
  • Cadastre-se
Educar para Transformar
Comentários desativados em Terceira maior empresa do Reino Unido troca Londres por Roterdão

Terceira maior empresa do Reino Unido troca Londres por Roterdão

| GOVERNO BRITÂNICO, DESEMPREGO NO REINO UNIDO, NOTÍCIAS EM LONDRES E REINO UNIDO | 16/03/2018

Notícias em Londres e Reino Unido

Mudança de sede da Unilever para a Holanda levanta ainda mais questões sobre o futuro da City enquanto centro financeiro da Europa, quando falta pouco mais de um ano para o Reino Unido abandonar formalmente a UE

A Unilever anunciou esta quinta-feira que vai mudar a sua sede social para Roterdão, na Holanda, quando falta pouco mais de um ano para se completar a primeira fase da saída do Reino Unido da União Europeia, a 29 de março de 2019.

A mudança de sede da gigante agroalimentar, que é a terceira maior empresa do Reino Unido, surge enquadrada numa alteração da sua estrutura corporativa mas vem ameaçar o estatuto da City londrina enquanto centro financeiro da Europa, uma das grandes dúvidas que o Brexit encerra.

Em comunicado, a empresa explicou que pretende simplicar a sua atual estrutura, transformando o que eram duas entidades legais distintas numa única entidade que será incorporada na Holanda. Também explicou que esta decisão reflete o facto de as suas ações atualmente cotadas na Holanda corresponderem a cerca de 55% do capital social partilhado do grupo e também o facto de, atualmente, as trocas em Roterdão demonstrarem maior liquidez do que as londrinas.

Apesar disso, a empresa garante que vai manter as ações que detém em Londres, Amesterdão e Nova Iorque e que os seus 7300 postos de trabalho no Reino Unido não serão afetados pelas mudanças, a par dos 3100 na Holanda. No ano passado, quando a Kraft Heinz tentou adquirir a Unilever por 143 mil milhões de dólares (cerca de 115 mil milhões de euros), a empresa já tinha anunciado que ia rever a sua dupla estrutura empresarial.

“SEM LIGAÇÕES AO BREXIT”

Criada em 1930 através da fusão da holandesa Margarine Unie e da britânica Lever Brothers, a Unilever é uma das maiores empresas registadas no Reino Unido e, por isso, uma grande fonte de receitas para a economia britânica – gera cerca de 2 mil milhões de euros em vendas anuais no país, com marcas líderes de mercado como os detergentes Persil, produtos de beleza da Dove e margarinas Flora.

Antes do anúncio desta quinta-feira, segundo vários mediabritânicos, representantes da empresa terão estado reunidos com os governos do Reino Unido e da Holanda, cujo primeiro-ministro, Mark Rutte, trabalhou vários anos para a Unilever.

Apesar de rejeitar as ligações ao Brexit como um fator de grande peso, a decisão deverá ter um forte impacto na agenda de saída de Theresa May, quando falta um ano e alguns dias para se concretizar a retirada do mercado único comunitário.

A piorar o cenário está o facto de o chefe financeiro da empresa ter deixado implícito numa entrevista à Reuters esta manhã que ainda não foi decidido se a Unilever continuará a integrar o índice de referência FTSE 100, que representa as 100 maiores empresas cotadas na bolsa londrina.

Questionado sobre o assunto, um porta-voz do governo britânico garantiu que foram recebidas, da parte da Unilever, garantias de que vai proteger os seus postos de trabalho e as suas atividades no Reino Unido. “A decisão de transferir uma pequena porção dos empregos para a sua sede empresarial na Holanda faz parte de uma reestruturação de longo prazo da empresa e não está ligada à saída do Reino Unido da UE”, garantiu a fonte.

JOANA AZEVEDO VIANA

Fonte: Expresso Sapo

http://expresso.sapo.pt/economia/2018-03-15-Terceira-maior-empresa-do-Reino-Unido-troca-Londres-por-Roterdao#gs.z1A4NAI

Categorias

© Nossa Fundação - 2016 All Rights Reserved