+44 208 133 0010
  • Publicar Anúncio
  • Login
  • Cadastre-se
Educar para Transformar
Comentários desativados em Se você é cidadão europeu, você sabia que será ignorado no referendo do Reino Unido em 2017?

Se você é cidadão europeu, você sabia que será ignorado no referendo do Reino Unido em 2017?

| REFERENDO NO REINO UNIDO, NOTÍCIAS EM LONDRES E REINO UNIDO, LONDRES, CURIOSIDADES EM LONDRES E REINO UNIDO, POLÍTICA EM LONDRES E REINO UNIDO, IMIGRACAO EM LONDRES E REINO UNIDO, COTIDIANO EM LONDRES E REINO UNIDO, ESTUDAR NO REINO UNIDO, REINO UNIDO, INGLATERRA, TRABALHAR NO REINO UNIDO, IMIGRAÇÃO NO REINO UNIDO, BRASILEIROS EM LONDRES, PEDIDO DE VISTO EM LONDRES, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA NO REINO UNIDO, ASSESSORIA COM VISTOS EM LONDRES, VISTO DE FAMÍLIA NO REINO UNIDO | 03/06/2015

Se você é Brasileiro, residente no Reino Unido, com passaporte europeu, você sabia que não terá direito a votar no referendo em que a Grã-Bretanha vai decidir se fica ou não na comunidade europeia….

EU-Exit

Se você é Brasileiro, residente no Reino Unido, com passaporte europeu, você sabia que não terá direito a votar no referendo em que a Grã-Bretanha vai decidir se fica ou não na comunidade europeia, informação dada pelo Primeiro Ministro David Cameron em viagem pela Franca, Holanda e Alemanha.

O referendo

O partido conservador promete realizar um referendo, se fica ou não na comunidade até o final de final de 2017, e as regras de elegibilidade serão praticamente as mesmas, que para uma eleição geral, em vez de votos locais ou europeias em que todos os residentes podem votar.

Cidadãos irlandeses no Reino Unido são elegíveis, assim como os nacionais de Malta e Chipre, que também se qualificam, junto com outros residentes provenientes de países do chamado Commonwealth countries, todos com mais de 18 anos de idade.

O mesmo acontecerá com os cidadãos britânicos que viveram no exterior por menos de 15 anos.

O referendo não incluirá pessoas com 16 e 17 anos de idade, ao contrário do referendo sobre a independência escocesa.

No total, cerca de 45,3 milhões de pessoas serão requisitados a participar.

ad_156379971Segundo David Cameron, “Esta é uma grande momento para o nosso país, que é sobre o futuro do Reino Unido. É por isso, o que acho importante é quem seja britânico, Irlandês ou provenientes do Commonwealth, são os que devem decidir.”

O ex-secretário de Defesa Liam Fox Tory, disse que permitir que os cidadãos europeus residentes no Reino Unido a votar no referendo, não seria considerado uma opinião genuína da população Britânica”.

O líder de Westminster, Sr. Angus Robertson, sugeriu a redução da maioridade na votação do referendo, para 16 ou 17 anos, segundo ele “Os jovens são o futuro do Reino Unido, por isso eles devem ter uma chance para votar seu futuro”.

 

Ainda Robertson, “É uma questão de princípio, se uma pessoa com idade entre 16 e 17 tem idade suficiente para trabalhar e pagar impostos, para se casar, para se juntar às forças armadas, por que eles não são autorizados a participar na nossa democracia?”

Semana passada, o Sr. Cameron fez uma turnê europeia encontrando com os líderes da Dinamarca, França, Polônia e Alemanha para falar sobre suas reformas, mas a grande questão ficou sobre a elegibilidade de europeus com residência no Reino Unido sobre a votação do referendo, de acordo com o “The Guardian” O numero de europeus vivendo hoje oficialmente no Reino Unido são de 1.800.000 pessoas, mas esse numero poderia ser 3 vezes maior.

O numero de europeus residentes no Reino Unido poderiam mudar o resultado do referendo aguardado para 2017, de acordo com alguns analistas, isso foi uma estratégia governamental, uma manipulação, para que o resultado seja uma clara expressão do que o Britânico quer, mas como sabemos, o Reino Unido e constituído por imigrantes europeus que pagam impostos, são proprietários de empresas e negócios e fazem a economia do pais se movimentar.

“O europeu não terá direito de votar no referendo, mas o resultado do referendo ira afetar diretamente o europeu residente no Reino Unido, em todas as questões como direito de trabalho, na saúde e negócios “The Telegraph”

EU-UK_2408901b

Com essa manipulação, alguns políticos acreditam que David Cameron esta claramente pavimentando a saída do Reino Unido da comunidade europeia!

Você acha justo essa decisão do governo? Acredita que todos os residentes no país tem o direito de votar, independente de sua origem?

Faca seus comentários e de sua opinião no nosso Website!

Facebook_logo-6  Like Us – Facebook: Fundacao Brasil Londres

Brazil Foundation

Categorias

© Nossa Fundação - 2016 All Rights Reserved