+44 208 133 0010
  • Publicar Anúncio
  • Login
  • Cadastre-se
Educar para Transformar
Comentários desativados em QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DA SAÍDA DO REINO UNIDO DA UNIÃO EUROPEIA?

QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DA SAÍDA DO REINO UNIDO DA UNIÃO EUROPEIA?

| GOVERNO BRITÂNICO, EU CITIZENS IN THE UK, ASSISTÊNCIA A BRASILEIROS EM LONDRES, NOTÍCIAS EM LONDRES E REINO UNIDO | 28/02/2018

O Brexit terá um impacto pesado na economia (tanto na do Reino Unido quanto da UE), afetará o combate ao terrorismo e pode até alterar o futebol inglês

Nem todas as consequências estão claras, já que esta é a primeira vez que alguém abandona o bloco econômico desde sua criação, em 1993. Mas já há previsões do impacto na economia, na política e na sociedade, tanto do Reino Unido quanto da Europa.

A polêmica começou em junho de 2016, quando os britânicos votaram por romper com a UE, o chamado “Brexit” (fusão das palavras “saída” e “britânica” em inglês). O resultado expôs uma rixa entre diferentes segmentos da população e causou a queda do primeiro-ministro David Cameron, substituído por Theresa May. Ela agora precisa conduzir a saída da maneira mais suave possível e correr contra o tempo, já que o processo tem que acabar até 29 de março de 2019.

Confira algumas das consequências apontadas pelos historiadores, políticos e analistas sociais:

CAOS NO SISTEMA LEGISLATIVO
Com a saída, muitas leis europeias vigentes no Reino Unido perdem a validade. Para evitar “buracos” na legislação, a primeira-ministra Theresa May fez uma proposta polêmica: o Reino Unido absorveria todas as normas da UE e, após um período de transição, cada uma delas seria avaliada, atualizada ou revogada – mas sem necessariamente consultar o Parlamento. Seria um trabalho gigantesco. Claro que os membros do Poder Legislativo não gostaram.

INSTABILIDADE ECONÔMICA NA UNIÃO EUROPEIA
Em 2014, o Reino Unido contribuiu com 11,3 bilhões de euros à UE, o segundo maior valor oferecido pelos países-membros. Ao lado da Alemanha e da França, ele é um dos pilares da economia desse continente. Com o Brexit, essa responsabilidade recairá quase totalmente sobre os alemães. Se eles não conseguirem manter a estabilidade do euro, o bloco todo pode naufragar.

IMPOSTO BILIONÁRIO (E IMPAGÁVEL?)
Também para compensar esse rombo no orçamento europeu, o Reino Unido será forçado a pagar uma multa. O valor ainda é um dos assuntos mais sensíveis nas negociações. Especulam-se cifras astronômicas, mas mesmo os cálculos mais realistas indicam que a conta do divórcio ficará bem alta: entre 60 e 100 bilhões de euros, um impacto enorme nas finanças do Estado.

Fonte: Mundo Estranho

Categorias

© Nossa Fundação - 2016 All Rights Reserved