+44 208 133 0010
  • Publicar Anúncio
  • Login
  • Cadastre-se
Educar para Transformar
Comentários desativados em O Reino Unido é uma festa com o casamento real

O Reino Unido é uma festa com o casamento real

| Palácio de Buckingham em Londres, Turismo em Londres, Rainha da Inglaterra, Rainha Elizabeth II, Príncipe Harry, Informações gerais do Reino Unido | 03/02/2018

Calendário está repleto de eventos e atrações culturais em 2018

Séries de TV de sucesso, como a premiada “The crown”, sobre a vida da rainha Elizabeth II, já mostraram que os bastidores da família real britânica não são exatamente um conto de fadas. Mas isso não diminui (ao contrário, talvez até aumente) o magnetismo desses personagens. A monarquia inglesa não sai de moda, e este ano está em alta. O casamento do príncipe Harry com a atriz americana Meghan Markle promete ser o evento mais badalado no calendário repleto de festas e atrações culturais no Reino Unido em 2018. O país entra em clima de festa, e a união real vira “o” acontecimento. Comércio e turismo aproveitam a oportunidade para fazer seus ganhos e eventos paralelos.

O Royal Wedding (casamento real) será em 19 de maio, na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, a 37km a oeste de Londres. Mas não é porque seu nome não aparecerá na lista de convidados que você deve desanimar. O castelo de Windsor, de 900 anos, vale o passeio. No dia da cerimônia, claro, estará fechado para visitação. Mas nos demais funcionará regularmente.

No Condado de Surrey, a 23km a sudoeste de Londres, outro palácio que merece o passeio é o de Hampton Court (rhs.org.uk). Os lindos jardins que abrigaram o rei Henrique VIII e suas muitas mulheres serão palco, de 3 a 8 de julho, do Flower Show, exposição de flores de fazer o queixo cair de tanta beleza.

A família real segue no roteiro de atrações com o desfile anual Trooping the Colour, celebração oficial do aniversário de seus monarcas, comemorado todo 9 de junho. Mais de 1.400 militares se exibem em seus uniformes cerimoniais, com 400 músicos e 200 cavalos, no pátio Horse Guards Parade, no Saint Jame’s Park. A Rainha Elizabeth II, que fará 92 anos em abril, sempre participa.

DESFILES DE MODA EM LONDRES

Reis e rainhas das passarelas também estão na programação. De 16 a 20 deste mês de fevereiro, a London Fashion Week vai apresentar as tendências da moda na Europa. Além dos desfiles, os fãs da alta costura poderão assistir a debates e, lógico, fazer compras. O evento se repetirá no verão, de 14/9 a 18/9, com alguns dos melhores estilistas do mundo apresentando suas coleções.

ARTE E MÚSICA EM LIVERPOOL

Com a chegada do verão, Liverpool entra no circuito. A cidade está com roteiro festivo para gostos variados. De 20 a 22 de julho, grandes nomes do hip-hop, da house music e do pop se estarão no Liverpool International Music Festival (bit.ly/1hHz5oE). E, de 14 de julho a 28 de outubro, acontece a Bienal de Liverpool, mostra de arte contemporânea que ocupará áreas públicas, galerias e prédios vazios.

Outra pedida em Liverpool durante o verão britânico — e em paralelo à Bienal —, mas começando já agora, no dia 9, é a exposição dos guerreiros de terracota da China, no World Museum. Trata-se de uma coleção de esculturas de terracota (criada a partir do cozimento da argila), de tamanho natural, que representam os exércitos do primeiro imperador chinês, Qin Shi Huang, e ficaram enterradas por dois mil anos. A “China’s First Emperor” apresentará, até 28/10, peças de uma das maiores descobertas arqueológicas do mundo.

FESTIVAIS NA ESCÓCIA

Edimburgo, capital da Escócia, por sua vez, se transformará em agosto, com festivais de música, teatro, dança e artes visuais e até militares. O Fringe, um dos principais, acontece de 3/8 a 27/8. Os organizadores se orgulham de seu caráter democrático. Qualquer manifestação artística é bem-vinda. Haverá circo, cabaré, shows infantis, musicais, ópera, exposições e até palavrões, diz o site oficial. A programação “é um ímã para produtores criativos”, aberta a “qualquer pessoa com uma história a contar”.

DE OLHO NAS EXPOSIÇÕES

O ano de 2018 também promete muitas novidades em relação a museus na Grã-Bretanha, com várias atrações, entre inaugurações e reaberturas. No topo da lista está o V&A Museum of Design, em Dundee, o primeiro dedicado ao tema na Escócia e pioneiro da grife Victoria&Albert fora de Londres. A abertura das portas será em 15/9, e a exposição inaugural, “Ocean liners: speed and style”, terá como foco engenharia e design de interiores dos navios transatlânticos. A mostra promete exibir, até 24/2/2019, objetos inéditos de embarcações com papel importante na navegação mundial desde o século XIX (site: vandadundee.org).

Em Cambridge, a galeria Kettle’s Yard será reaberta dia 10 deste mês. No Porto de Bristol, será inaugurado em março o Being Brunel, museu sobre Isambard Kingdom Brunel, gênio britânico da engenharia naval. Em maio, volta a funcionar o Museum of Royal Worcester, com coleções de porcelana desde o século XVIII.

Em junho, em Londres, o Horniman Museum and Gardens inaugura sua Galeria Mundial, com três mil peças, que vão, segundo os curadores, desde obras de arte a “coisas divertidas para tocar, brincar e cheirar”.

Fonte: O Globo

Categorias

© Nossa Fundação - 2016 All Rights Reserved