LONDRES SE PREOCUPA COM RISCOS DE UM BREXIT SEM ACORDO

O Brexit vai custar entre 3 mil e 12 mil empregos ao setor financeiro britânico, garantiu nesta segunda-feira Catherine McGuinness, uma das principais diretoras da City of London, pedindo para o governo evitar o pior cenário possível: uma saída da União Europeia (UE) sem acordo.

“Dez anos se passaram desde a crise financeira, e o menos desejável agora é uma desestabilização dos serviços financeiros e dos mercados”, lamenta uma das principais diretoras do lobby financeiro de Londres, em entrevista à AFP.

Os empresários não escondem sua inquietação dias antes de uma votação crucial no Parlamento britânico sobre o acordo negociado com Bruxelas, que conta com uma forte rejeição, o que amplia o temor de uma ruptura brutal.

“Levada em conta a incerteza política atual, é muito difícil se pronunciar. Nós nos preocupamos com os riscos ligados a uma ausência de acordo, que achamos que seriam negativos para os consumidores e as empresas no Reino Unido e na UE”, afirma McGuinness.

“É importante que os reguladores e as instituições tomem todas as medidas para evitar uma confusão desnecessária”, afirma ainda a integrante de um dos centros financeiros mais importantes do mundo.

Para este lobby, os preparativos para um Brexit sem acordo devem ser adiantados: embora tranquilizada pelas propostas europeias destinadas a facilitar o acesso às câmaras de compensação estabelecidas no Reino Unido, o distrito financeiro de Londres se preocupa com o atraso na adaptação do enorme mercado de produtos derivados e contratos de seguros.

Fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/01/07/interna_internacional,1019440/city-de-londres-se-preocupa-com-riscos-de-um-brexit-sem-acordo.shtml

Postagens recentes
Categorias
Tags