A Fundação Brasil apoia o Instituto Educacional e comunidades da Universidade de Middlesex, explorando o melhor da qualificação dos professores e a sua formação

A Universidade de Middlesex é uma instituição dinâmica, reconhecida por um série de inovações acadêmicas, com uma comunidade estudantil de mais de 20.000 pessoas.

O objetivo é ser uma universidade regional de sucesso e inclusiva, reconhecida por sua contribuição para os desenvolvimentos sociais, culturais e econômicos, comprometida com novos modos de aprendizagem, visando além da formação  dos estudantes e sua empregabilidade também.

Em 2014, a Fundação Brasil, implementou um de seu projetos alinhados com a Universidade de Middlesex, no campus de Hendon.

Hendon está localizado no coração de um dos maiores centros de desenvolvimento urbano da Europa, e é de lá que a formação de professores é desenvolvida neste projeto da Fundação Brasil.

A formação de professores da Universidade é frequentemente avaliada pela OFSTED, orgão britânico que controla a qualidade de ensino no Reino Unido, entre outros quesitos, pelos resultados nas parcerias comunitárias que atendem a uma necessidade local e ainda nacionaol de prover professores de alta qualidade, refletindo plenamente a diversidade da região.

A avalição também tem como objetivo a melhoria e o aperfeiçoamento no ensino de disciplinas como o inglês, matemática e ciências.

Atualmente, existem mais de 1500 alunos de graduação, com 300 professores concluindo o treinamento todos os anos.

A Universidade está ativamente envolvida na pesquisa de nível nacional e internacional, com ênfase no desenvolvimento logo na primeira infância, também na linguagem e diversidade, multilinguismo, educação de professores, dialética de  aprendizado e ensino, educação comparada, educação profissional e trabalho social e humanidades